Notícias Detalhes
Base de dados eficiente, chave para novos negócios e medir resultados

Base de dados eficiente, chave para novos negócios e medir resultados

11.04.2018

Com um banco de informações eficaz, a oficina pode mensurar o retorno nas vendas e ampliar o relacionamento com seus clientes

“A tendência é aumentar ou pelo menos reter clientes recorrentes no dia a dia e no contato com os consumidores, explica Rafael Albuquerque, CEO da Unitfour. E caso sejam realizadas ações de comunicação via e-mail marketing com a carteira de clientes, é possível checar a audiência da ação e checar se os e-mails aplicados na sua base estão válidos e se o público foi atingido. 


Ter uma base de dados eficiente não é nenhum bicho de sete cabeças. Confira a seguir as dicas do CEO da Unitfour, a começar pela manutenção do banco de dados abastecido. “É importante reunir informações úteis e atuais sobre seus clientes para que seja possível realizar o contato sempre que necessário”.


Segundo ele, “reunindo informações cadastrais e dados sobre compras recentes para que possam ser ofertados descontos e oportunidades, gerando novas vendas”.


Construção – “Todas as corporações precisam saber quem são os clientes e, para isso, no ato da compra é realizado um simples cadastro, com nome, documentos e informações básicas de contato. 


Com estas informações, um empresário pode iniciar a elaboração de uma base de dados eficiente, onde é possível reunir diversos tipos de informações sobre a carteira de clientes, para facilitar o contato futuro e aproveitar para ampliar para a consulta de informações antes de ofertar serviços. 


Além disso, as empresas que já possuem algum tipo de dado, como documento ou nome completo de seus clientes, podem investir na contratação do processo de enriquecimento de dados, para obter mais informações sobre sua carteira de clientes sem ter que importuná-los, focando no relacionamento”. 


Novos clientes – “Uma vez que a empresa já conhece quem é o seu público-alvo, é possível o investimento em um mailing segmentado, que é um banco de dados que reúne informações de perfil pessoal e comportamental de potenciais consumidores. 


As empresas podem selecionar qual o perfil de cliente que gostariam de atingir e o mailing irá reunir todas as informações necessárias, seja para envio de e-mails, mala direta, etc.”. 


Revisão – “A base de dados deve ser revisada no mínimo uma vez por ano, que é o tempo hábil para que seus clientes tenham mudado de endereço, de telefone, criado um novo e-mail, alterado algum detalhe de perfil, etc.


Entretanto, vale ressaltar que depende muito do negócio de cada empresa e como o contato com os clientes interfere no sucesso da área de vendas”. 


Padronização – Na elaboração de uma base de dados, os principais erros que devem ser evitados são: “a ausência da padronização de dados, a coleta incompleta de informações, dados incorretos e o preenchimento de informações que não condizem com o modelo de negócio”. 


Fonte: www.reparacaoautomotiva.com.br

Compartilhe

2018 - Fortbras - Todos os direitos reservados Fortbras